Pelo terceiro ano consecutivo, a Prefeitura de Bagre garantiu o reforço na preparação dos alunos para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio, por meio do Cursinho Municipal ENEM TÁ ON! Em 2023 foram 380 alunos inscritos, que puderam reforçar os conhecimentos em todas as matérias.

Todas as aulas foram ministradas por professores convidados de Belém, especialistas na preparação para as provas do ENEM. Cerca de 10 professores participaram de um rodízio de aulas, garantindo o preparo com excelência de todos os participantes do cursinho.

“Nossos alunos tiveram aulas com professores renomados de Belém, que possuem uma experiência única na preparação para o ENEM. Isso é muito importante, porque esses educadores compartilham dicas valiosas para antes, durante e depois das provas. Estamos muito felizes com os resultados e ansiosos pelo que ainda vem por aí, com os listões das universidades” – diz o Prefeito Clebinho Rodrigues.

Por meio do Cursinho Municipal ENEM TÁ ON! a Prefeitura de Bagre garantiu a preparação e ainda incentivou os estudos, entregando o material didático e uniforme para todos os alunos, além de garantir o transporte gratuito de ida e volta de Breves, local de realização das provas.

Tayane Pantoja, 30, servidora pública Municipal, é uma das alunas que participaram do cursinho e obteve a nota de 840 pontos na prova de redação. “Graças às aulas do ENEM TÁ ON! eu pude me preparar com segurança, com uma equipe de professores excelente. Com as aulas realizadas aos finais de semana foi ainda melhor. Assim, pude conciliar os estudos com o trabalho” – explica Tayane.

“As expectativas para 2024 é aprofundar o conhecimento dos alunos treineiros, que já estão fazendo o cursinho desde o 1º ano do ensino médio. O objetivo é garantir mais uma chuva de notas boas! Em 2023 tivemos duas notas 980 em redação. Quem sabe, em 2024, pinta uma nota máxima de mil pontos? Estamos perto e vamos continuar avançando!” – diz Rafael Costa, Coordenador do Cursinho Municipal ENEM TÁ ON!

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade